terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

1º Dia de Aula: Redação de Férias parte 1

Pois é, passei um tempo considerável no ócio dessa vez. E não foi por falta do que postar, eu realmente estou tentando há muitos dias relatar todas as experiências de férias aqui, mas tem me faltado tempo e inspiração pra isso.
"Mas você vive no computador, como diz que não teve tempo? *fung*"
Normalmente, sim, vivo mesmo. Mas nessas férias foi diferente. Por incrível que pareça, eu saí muito de casa e foram poucos os dias em que eu fiquei horas e horas exposto ao mundo virtual; hoje, por exemplo. Esses últimos dias de férias foram insuportavelmente chatos, não consegui arranjar nada pra fazer e tampouco escrever algo lível. Minha cabeça quase sangrou de esforço pra escrever sobre minhas férias ainda durante elas, mas não deu. Então finjam que isso é uma redação de férias.






The Communist Summer Party


Mas vamos lá. Na primeira semana de Janeiro virei um verdadeiro Summer Boy, quando toda a família se reunia diariamente na casa desocupada de algum cara que estava viajando. SÓU, PISSINA, CINUCA, XURASCO, FANK E COMUNISMO TODO DIA AE11!!1 Bom, já faz tanto tempo que eu nem lembro dos detalhes. Só lembro que foi assim até eu não aguentar mais ver coxas de frango, água de piscina, radiação solar, foices e martelos. E claro, até o dono da casa a reinvindicar de volta.






Avatar


Depois disso, comecei a maquinar com uns amigos das antigas um plano pra ver o cobiçadíssimo Avatar. Já havia tentado várias vezes ver sozinho mas nunca sobrava ingresso pra mim. Quando combinei com o Davi Street-Dog e o Felipe No-Tits, não foi diferente. Três filas dantescas e filme esgotando toda hora. Avatar principalmente.

Por incrível que pareça, em meio às três filas gigantes havia uma fila relativamente pequena. Parecia que ninguém estava vendo aquela fila, todos que apareciam já chegavam procurando o final das filas gigantes e nem olhava a pequena. Mesmo se aproveitando da trouxisse alheia, não conseguimos ver porra nenhuma. Todos os filmes bons esgotaram, a não ser que a gente quisesse assistir Lua Nova ou o Mistério de Feiurinha. Tocamos o foda-se e fomos zoar pelo Shopping e torrar dinheiro no fliperama. Vale citar dois episódios interessantes envolvendo moleques piranhas:

-Começo de ano, lojas em promoção de queima de estoque, vendedores provisórios desesperados para se tornarem permanentes. Passar perto de uma loja às vezes pode ser perigoso: andando descompromissadamente em frente a uma loja de roupas, eu e meus amigos fomos violentamente abordados por um vendedor Moleque Piranha, cabelinho espetado bermuda florida com uma pereba gigantesca no canto esquerdo da boca ficou a um palmo da gente e começou a falar rapidão: "EAEJOVEMVAMOCOMPRARUMACOISINHAAEW, UMABERMUDINHAUMACAMISETINHA, VAMOVAMO, QUE TAL?"
E a gente: "Er.. não valeu, fica pra próxima.. O_o" *olhos fixos na pereba V1D4 L0K4*
E ele "TACERTOENTÃOBROUTATRANKSTABELEZAFALOUSAI" * o vendedor volta pro seu esconderijo prostituto e, ao que tudo indica, levou a pereba consigo*

-No Fliperama, metade dos brinquedos estava quebrada ou pronta para quebrar. Eu mesmo quebrei o The House of The Dead 3 lol. Na falta de opções, gastamos fichas no Rock Band Beatles, onde eu tentei provar que era capaz de tocar guitarra no 'Hard' durante três partidas até ver que meu lugar era no 'Medium'. A última ficha ficou pro Resident Evil 5, que de uma vez por todas eu precisava experimentar. Legalzinho o jogo, bem parecido com o 4 e com uma dinâmica cooperativa bem sebosa. O mais marcante foram os Moleques Piranhas pirando com o Prototype na máquina ao lado:
"CARALEEO VEY, OLHA SÓ ISSO AQUE, OLHA ISSO! OLHA O CARA! CARAAACAAAS LEVANTOU UM CARRO! AIMEUDEUSDOCÉU O BICHO TA VOANDOO! AAH, O CARA É O CAPETA! O BICHO TEM UM DÊMONIO! VEY, SERÁ QUE TEM ESSE JOGUIM PRA PS2?! GRAVA O NOME AI Ó: Prôtotipi" oloco rs Esse vai virar moda na Máfia Playsson.

Enfim, vamos ao filme. Tentamos novamente no dia seguinte, comprando o ingresso antecipado pra evitar problemas e deu certo. O filme é realmente bom, tem um enredo competente, efeitos visuais lindíssimos e, no fundo, uma grande crítica ao militarismo coorporativo. Sim, sim, está de parabéns. Mas eu não sei, de alguma forma eu não fiquei inteiramente impressionado. Não consegui entender como pode ter sido a maior bilheteria da História. Enfim, se o resto do mundo adorou, tudo bem. Parabéns ao James Cameron, ser o diretor das duas maiores bilheterias do mundo não deve ser pra qualquer um. 

P.S. - Eu tinha adorado o óculos 3D da sala de cinema: um wayfarer preto. No final do filme, não saía da minha cabeça a ideia de tê-lo. Pra quem se lembra das peripécias do Otacon relatadas no blog anterior: calma, eu não sou um marginal. Espero.
Terminado o filme, portas abertas e um funcionário postado na porta com uma caixa enorme para a devolução dos óculos. Eu já tinha até planejado o que fazer: colocar o óculos dentro do copo vazio do refrigerante e sair entre duas pessoas. Mas calma, eu não coloquei o plano em prática. O 'pudor' alheio me impediu.

(créditos ao Davi Fera por ter refrescado minha memória sobre os fatos supracitados)




Coletivização Virtual Forçada

Bem quando eu estava pronto pra cair na boa e velha rotina de ficar na internet por mais de dois dígitos, uma tragédia aconteceu. Tragédia é pouco, uma catástrofe. Estava eu aqui jogando tranqüilamente e trocando ideias de dominação mundial com o Kalin quando do nada a conexão cai.
Sobressalto, risadinhas de 'calma, foi só uma quedinha'. A conexão não volta. Desconforto. Caminhada até a sala para checar o telefone. Mudo. Desespero. CADÊ MINHA INTERNET?!
Fui checar. Tomadas encaixadas, modem e telefone ligados. O que há de errado? Quando vou lá fora ver se tem algo fora do comum, um susto. A fiação inteira estava rompida, mastigada, engolida, digerida e o caralho. Ao lado dela, estava uma monstra cínica e dissimulada ainda com pedaços de cobre na boca.

Não se deixe enganar por essa cara. Sunny é uma mensageira do caos impiedosa e incansável. Basta ver o que ela fez com a minha linda fiação telefônica.

Certo, eu não a puni com brutalidade (excessiva). Respirei fundo, e disse a mim mesmo que era hora de chamar a assistência técnica da Oi. Eu nem sequer tinha começado a usar a Oi (apesar de já a ter instalada), ainda estava utilizando a GVT. Só então que eu descobri que ligações como essa só podem ser feitas por telefone fixo, sendo que o meu estava tão mudo quanto cinema antigo. A única solução era clara e incômoda: ligar da casa alheia. Oh fuck..

Meu grande erro foi deixar essas questões diplomáticas com a minha mãe, que atrasou o processo em vários dias enquanto eu tinha que me virar com um modem 3G lentíssimo e, pior que isso, compartilhado com a irmã. Bom, eu realmente aprecio a solidariedade da minha irmã ao emprestá-lo, mas isso não torna menos infeliz a situação de voltar a estabelecer horários de uso. Isso aqui virou uma guerra.

A situação não melhorou depois que a assistência técnica concertou a fiação. Isso porque o malandrão do técnico concertou apenas o fio da Oi e deixou o da GVT esbugalhado. Quando fui ativar a Oi, descubro que meu modem original não suporta a internet de 2 Mg. Vou precisar de um modem novo, ou seja, mais socialismo virtual durante muito tempo... 



 

Madrugadas Televisivas e as Eróticas Pegadinhas


  
Esqueça internet de madrugada. É impossível enquanto tiver que dividir o modem 3G com a minha irmã. O que me restou então? Ver TV ou dormir. É, eu escolhi a primeira. 
Havia muito tempo que eu largara o hábito de ver TV, e já tinha me esquecido de alguns dos prazeres inerentes a isso. Como passar a noite trocando e trocando de canal até encontrar o programa ideal, como esperar ansiosamente o início de algum programa qualquer, como aguardar os comerciais pra ir ao banheiro/tomar água/comer, como passar incontáveis minutos ajustando cor, contraste brilho e etc de acordo com cada canal.. E por aí vai.
Especialmente no meu caso, a televisão durante a madrugada é um caso curioso. Nela passam curiosos comerciais de baixo custo nunca antes vistos em horário comum, blocos de programa engolidos ou omitidos por algum funcionário sonolento da emissora, interrupção da programação para a manutenção dos transmissores (Na Globo, acontece geralmente aos domingos), substituindo-a por malignos, vigilantes e onipresentes logotipos. Fora a transmissão ao vivo do BBB durante as três da manhã. Divertidíssimo ver cinco minutos de pessoas dormindo. 


Enfim. Falando especificamente de um programa agora. Acabei assistindo-o por este ser exibido antes de Cold Case. Acredito que todos os safadinhos de plantão conheçam as famigeradas Pegadinhas Picantes do SBT (naked and funny, no original). Bom, é um programa que se diz humorístico (e de fato algumas são engraçadinhas), porém com uma fórmula bastante forçada. Eu sei, já assisti todos os 30 episódios comprados pelo SBT. Férias, manolo..
Vamos aos detalhes. Quem tiver um olhar treinado, vai logo sacar que aquelas coisas não acontecem em nenhum paísinho europeu ocidental. As pegadinhas foram gravadas na Ucrânia (bandeira ucraniana na pegadinha da mulher com calor), já prontas pra serem enviadas para nós, ocidentais sedentos pelas filhas da Mãe Rússia.
Isso fica meio óbvio quando todas as placas usadas nas pegadinhas estão primeiro em inglês e depois em ucraniano e também pelo fato de o áudio original ser completamente emitido pra evitar o som das vozes. Estratégia muito feia para exibir tapes de ucranianos desprevenidos e desnudos e exibí-los mundo afora sem prestar contas ou pedir-lhes permissão. 
Também é bastante notável o padrão de reações dos pobres rapazes ucranianos no momento em que a blusa da garota dissimulada é puxada pra longe. A maioria fica congelada e coçando a cabeça sem reação, ou vira as costas com vergonha (ou talvez até por respeito) e alguns chegam até a tirar a camisa pra cobrir a nudez das ucranianas promíscuas. Quando a câmera é revelada, a maioria cobre o rosto de vergonha, outros simplesmente cospem no chão ou então ficam gesticulando nervosamente com aprovação para a câmera, porém com a clara expressão de 'MUITO BOM, MUITO BOM, AGORA PÁRA DE ME GRAVAR'



Outra coisa fácil de se observar é a relativa semelhança entre todas as pegadinhas. Uma mulher te aborda, te chama pra perto por ocasião de um favor, e alguma peça de roupa dela é repentinamente puxada pra longe.
Exemplo 1: Mulher com pneu furado chama um rapaz para ajudá-la. Ele analisa o pneu, e de repente a saia dela voa longe.
Exemplo 2: Policial aborda um rapaz para pedir-lhe um favor, começa a discutir com ele e sua blusa voa longe.
Exemplo 3: Loira convoca a população à lutar contra a burguesia aristocrata, organiza sindicatos, guerrilhas, sociedade civil, promove marchas à favor do Comunismo e da luta de classes. Derruba o governo, instaura um comitê revolucionário. A população se reúne na Praça Vermelha clamando por suas palavras, ela entra no palanque, agradece ao povo e de repente sua blusa voa longe.
"Cara, você realmente fica notando essas coisas enquanto assiste um programa de putaria? *fung*"
Pior que eu noto mesmo, fazer o que. 

Molecada, esse post está ficando gigante. Pro bem da vossa visão, vou dividir as peripécias em duas partes. Postarei o resto das aventuras em breve (ou não). 
Não esperem por elas para denunciar. :*

11 comentários:

  1. VISHEE CARA, MELHOR PARTE AI É A DO CINEMA
    eheiehieheieh
    digo isso porque estava presente, então pra mim foi show :D

    ResponderExcluir
  2. Sunny é cachorrinha linda de Deus, o Ozzy a induziu, essa é a verdade.
    [...] "EAEJOVEMVAMOCOMPRARUMACOISINHAAEW, UMABERMUDINHAUMACAMISETINHA, VAMOVAMO, QUE TAL?"[...]
    Pqp, aqui tem sempre isso.
    Do nada pula um indivíduo na sua frente, fazendo você recuar e dar trombadas nas pessoas... malditos !
    Parte II please...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Algo 'lível', ou legível? oskoskosk
    'Esconderijo prostituto' eorialto XD
    Espero uma participação na parte II, ja que eu tornei as suas ferias mais divertidas com estudos, filmes e videos ;D
    *OMG acho que estou cega* OSKSOKSOKSOKS

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Lível é uma palavra pessoal. Saberia se tivesse lido meu primeiro post no primeiro Blog :B

    Enfim, claro que não vo esquecer de você *-*

    ResponderExcluir
  7. não há nada mais emocionante do que cinco minutos de pessoas dormindo!
    hahaha, se esse 'naked and funny' fosse gravado no Brasil, os homens também tirariam a roupa, mas tenho a leve impressão de que não seria para oferecê-la à mulher. (6)

    sempre rio litros com seus posts. Não se esqu~eça de postar o tal incidente, hein? :D

    ResponderExcluir
  8. obrigado por me dar os créditos em seu post, mesmo você tendo omitido a parte em que você praticamente copiou o que eu comentei nas nossas aventuras no shopping... MALDITO COMUNISTA!

    ResponderExcluir
  9. Eu assisti pegadinhas picantes.
    Acho que uns 20 episódios. [/)]

    ResponderExcluir
  10. o fim do mundo está próximo...nerso vendo tv
    ---------OMG-------- oO

    ResponderExcluir
  11. Bandido da luz vermelha13 de março de 2010 19:44

    Comunismo ou a Sunny sofrerá as consequências!

    ResponderExcluir

Faça como todo cidadão de bem e denuncie a subversão!